LOUCO PELO GRÊMIO, PELA VIDA E POR COPAS

Fala, gremistada do meu coração.

Meu último texto de Setembro e ainda não falei sobre o Setembro Amarelo, campanha para Prevenção do Suicídio. Assunto de extrema importância e que nós aqui da Rádio Hospício damos um significado gigantesco.

São quase que diários os relatos de ouvintes, leitores, parceiros da nossa Rádio sobre a importância que temos em suas vidas, na alegria do seu dia. É difícil explicar o quanto isso nos deixa felizes.

Além da importância do nosso trabalho aqui, eu gostaria de apontar a importância daquele que aqui é o protagonista, o Grêmio, essa instituição maravilhosa que domina nossos corações.

O Grêmio é alegria, é razão de felicidade. Para muitos é válvula de escape dos problemas enfrentados no cotidiano.

E não falo nem do atual Grêmio, aquele que nos mostra nos últimos anos ser capaz de tudo, de encarar e encantar a todos. Falo também daquele Grêmio de Domingos e Pereira, de Lins e Viçosa… de qualquer Grêmio.

Porque mesmo quando nosso time não está bem, ainda temos a paixão pelo Grêmio como força para vencer os obstáculos. Temos os amigos gremistas para abraçar e comemorar as conquistas, por mais simples que sejam.

Por isso, quis aqui enaltecer a importância do Grêmio nas nossas vidas, muito além do que palavras podem explicar. O Grêmio dá mais cor às nossas vidas. E a Vida é uma coisa preciosa, valiosa, única. A vida é agora, é hoje.

Por isso eu vivo todos os dias celebrando o Grêmio e a Vida. Como vem escrevendo nosso amigo hóspede Mendonça: aqui na Rádio Hospício nós somos Loucos, pelo Grêmio e pela Vida.

Agora falando em Grêmio… Hoje é dia de Grêmio, domingo também será dia de Grêmio.
E quarta-feira será dia de Grêmio e dia de Copa. Também sou louco por Copas.

Desde meu último texto, há sete dias, o Grêmio só entrou em campo uma vez. Na Vila Belmiro deu nó tático e fez goleada histórica, confirmando aquilo que estamos notando nas últimas semanas: estamos crescendo na hora certa.

Em sete dias eu volto para falar da primeira batalha contra o Flamengo pela Semi da Libertadores. Eles têm um cano, time que sobra no Brasil e que encararia realmente bons times do resto do mundo.

Se temos chance de passar? Sem dúvidas. Qualquer time teria. O Grêmio, então, tem mais ainda, senão vejamos:
Primeiro porque estamos jogando um futebol muito bem jogado há três anos, como diria Renato;
Segundo porque nosso futebol de 2019 está crescendo, vamos chegar a ponto de bala para esse confronto;
Terceiro e último argumento: porque é o Grêmio, o Rei de Copas.

É o Grêmio e não adianta. Abração, Cisco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: