LIBERTADORES… ESTAMOS LÁ

Quando o Grêmio foi eliminado da Libertadores desse ano um energúmeno IVIsta de espírito sugeriu que nosso time não se classificasse para a Libertadores do ano que vem, pois não era mais um time ‘copeiro’. Por sorte ninguém ouviu essa anta, que se alimenta de chopes cremosos dados por um ex-presidente colorado. Cá estamos, classificados com várias rodadas de antecedência. O time não vai ganhar esses torneios importantes todo ano, mas tem a obrigação de disputa-los sempre.

E o conseguiu num jogo que estava modorrento até a metade do segundo tempo. 0 a 0, nenhuma grande chance de gol… até que Cebolinha entrou correndo na área, deslocou a coluna de um zagueiro e sofreu pênalti. Um a zero. Primeira vez que o Palmeiras é derrotado em casa no ano.

O gol acordou o Palmeiras, que veio para cima. E nós ficamos especulando, no contra-ataque. Tudo se encaminha para uma vitória… até que Cortez atropela um atacante palmeirense. Pênalti. Empate. Aos 40 do segundo tempo. Tudo indica que o jogo vai acabar empatando… até que o Grêmio encaixa um contra-ataque, e Pepê encobre Weverton de cavadinha. Golaço. Vitória, vaga direta na Libertadores. Vitória aos 48 minutos do segundo tempo. Tem alguma melhor?

OBS: A conquista do Flamengo demonstra que o time não precisa poupar tanto os jogadores para disputar mais que um torneio ao mesmo tempo. Espero que essa lição tenha chegado ao nosso vestiário.

OBS2: o Grêmio nunca foi ‘copeiro’. Não somos um time de funcionários da copa de um restaurante. Somos, sem dúvida, um time COPERO, que entra nas Copas para ganhar. Não que essa mula queira aprender. Ele vai seguir urubuzando o time, esperando uma derrota para dizer que o colorado é um time melhor. Gremistas trágicos são fogo.

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.