A ÚLTIMA CERVEJA PARA UM GREMISTA

“Amigo! Traz mais uma Polar, faz favor!”. Com esse pedido, e as mesas já quase vazias, encerrei meu domingo de trabalho.

Aquele meu amigo Gremista, talvez solidarizado por me ver às 13h45 de um domingo de tradicional festa de comunidade, ainda às voltas pelas mesas do salão, pediu-me essa derradeira cerveja. Quem sabe por notar meu semblante esgotado, encheu o primeiro copo pra mim. “Pelo modo como nos atendeu, você merece.”

O agradeci com um abraço fraternal. Lembrei-me de um Grenal que ocorreu em um domingo em que rolava essa mesma festa, e que ele também estava presente: o Grenal do 4×1.

Minha quase sempre certeira intuição me diz que nossa arrancada aos títulos subsequentes, bem como a volta à realidade do ex-tradicional rival, começaram ali. Um dia em que só fui almoçar às 17h, tamanha a tensão.

Foi ali, após servir a derradeira cerveja e levar minha estropiada carcaça até o sítio para o merecido descanso, que aquele Grêmio, que tantas alegrias e frustrações me proporcionou, entrou em campo pra um dos maiores atropelos da história dos Grenais.

A sublimação de uma superioridade que se arrastava ao longo das décadas, mas que havia se perdido em algum canto escuro do universo desse nem sempre justo futebol.

Servir a última cerveja do domingo justamente pra esse meu amigo deu-me uma injeção de nostalgia. O 4×1 foi importante pra que tudo começasse a voltar ao normal no RS.

Um domingo de festa, em todos os sentidos. Muito parecido com esse, só que com uma pequena diferença: nesse caso, o ex-tradicional-rival já não era mais o prumo, mas sim uma Chapecoense na Arena Condá, onde historicamente temos mais problemas.

Jogamos pouco, mas vencemos. E nesse momento nada importa mais do que esses três benditos pontos, que nos levarão a mais uma Libertadores.

O 2020 é incerto em tudo. Mas sim, minha esperança é servir a última cerveja pra meu amigo Gremista com o Tetra da América nas mãos. E pelo simples ato dele diante de minha súplica ocular, no apogeu de um domingo de festa e de Grêmio, juro, ela será por conta da casa.

Foto: Agência Preview

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.