A QUARTA TAÇA.

Salve 2016 até aqui.
Uma salva de palmas aos homens que entraram de cabeça no projeto de trazer o Grêmio de volta ao patamar que merece.
Três anos que a gente vive problemas como: o time precisa encaixar mais, fez só 2 gols e podia mais, Luan no banco ou não?, Arthur ou Matheus Henrique? David Brás não merece ser reserva mas fazer como?
Ou então, sem crise por salários, sem motins no vestiário, demissão de técnico no meio da temporada? Não sabemos mais o que é isso.

Temos problemas? Ô, se tem.
Insistência de André, um salto alto de vez em quando, uma teimosa de vez em sempre, lateral direito insuficiente, uma cãibra aqui, um Bressan ali…
Mas estamos longe muito longe dos problemas reais que enfrentam os clubes brasileiros. E que já enfrentamos mais de uma década.

E, aleluia, como estão cada vez mais distantes aqueles 15 anos inglórios.
Tanto pelo tempo passado como por modelo de clube.
A cada ano que vivemos desde 2016, percebemos que grande tortura nós torcedores vivemos até 2015. Lembrar daquilo hoje é muito surreal. E ainda bem que virou história. Não temos mais resquícios daquela fase interminável.

Eu tenho orgulho do que o Tricolor tem feito nos últimos anos. Como clube, time e instituição.
Não é qualquer merreca que tira jogador nosso.
Temos um modelo de jogo desde a base.
Revelamos jogador o tempo todo.
Temos um técnico torcedor.
Temos um grupo unido com gana de vitória.
Há talentos individuais.
Há contas em dias.
E há muita, mas muita seriedade em gerir o futebol como um todo.

Estamos vendo muitos clubes definharem. O que é uma pena. Perder competitividade é ruim para todos.
Alguns estão pagando caro pela má gestão. Cruzeiro, Vasco, Fluminense… Entre outros.

O preço é muito alto a ser pago. E pagamos.
Mas hoje colhemos bons frutos.
E a torcida gremista tem que se sentir orgulhosa pelo todo que é o Grêmio.

Ainda acho que precisamos voltar a ganhar um título de expressão. Com esse elenco. Com o Renato na casamata. E hoje só um título é viável.
E minha torcida é que os deuses do futebol, do mesmo jeito que fazem justiça com quem não trata os clubes com carinho, façam justiça com todos os acertos que o Grêmio está fazendo e nos coroe com a quarta taça.

Eu não consigo mais dormir direito.
Aqui o dia 23 já chegou.
E aí com vocês???

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Um comentário em “A QUARTA TAÇA.

  • 16 de outubro de 2019 em 16:55
    Permalink

    Calminha…me parece que o Grêmio está em uma crescente e o Mengo não, até o dia 23 isso pode aumentar…aguardemos, ansiosos, mas aguardemos o dia 23.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: