A NUVEM VERMELHA DO CHEFE DA IVI DO CENTRO

Depois de ter-se demonstrado, no último quadrimestre de 2018, pelo Monitoramento das Manchetes da IVI, o desequilíbrio do tratamento entre o Imortal e o SCI na IVI escrita, lança-se mão de mais um recurso de análise de textos para examinar a questão: a nuvem de palavras.

De forma sucinta, as nuvens de palavras são gráficos elaborados com recursos de computador que apontam a frequência relativa das palavras em um texto. Quanto mais vezes uma palavra é usada, mais vistosa é a representação de tal palavra no gráfico.

O autor estudado desta feita, ali na ala “Cards da IVI” do site do Hospício, é apresentado como Hiltor “Bombacha”.

Ele é o poderoso chefão da IVI do centro e o maior especialista em assuntos e questiúnculas sobre o Grêmio de todas as sedes ivistas. Este ano completa 40 anos de formado e 35 de carteira na Caldas Júnior, 219.

Por isso e por não bloquear uma série de reportagens de um dos seus subalternos, as quais têm mostrado o descalabro criminoso a que foi submetido o SCI em anos recentes, “Bombacha” merece, de fato, reconhecimento como editor da IVI do centro.

“Bombacha” não foi uma escolha dirigida para este estudo, apenas uma opção circunstancial por manter um blog diário aberto (o material da IVI da Ipiranga, por exemplo, é “protegido” por um pay wall) que facilitou o uso do recurso de criar uma nuvem. Foram descartados textos transcritos de outros autores e posts relativos a outros temas como, por exemplo, o futsal.

A nuvem foi elaborada com as palavras que foram utilizadas, no mínimo, 30 vezes durante o mês de janeiro e o gráfico com aquelas que tiveram mais de 45 ocorrências.

O formato escolhido para o gráfico foi uma opção pela mensagem de que o futebol é paixão e que a paixão é uma forma de amor, meio patológica, é verdade, como se pode observar neste pacífico manicômio que é o HT, mas, ainda assim, amor.

Que surpresa, não? O termo mais empregado durante o mês de janeiro de 2019 no blog do Casanova da IVI foi “INTER”, exatas 185 vezes!

Em seguida, uma curiosidade, o termo “NÃO” foi reiterado em 150 registros para, só em terceiro lugar, mais surpreendentemente ainda, aparecer o “GRÊMIO”, grafado em 140 ocasiões.

O grande número de “MILHÕES”, possivelmente se explique pelas referências ao escândalo rubro supracitado. Por outro lado, “ODAIR” foi o único nome entre os ‘top termos’ de janeiro no blog de “Bombacha”!

Considerados os resultados do SCI no mês, é bem provável que logo, logo, a maionese venha a ser servida com batata frita, se a situação geral do aterro do Menino Deus não se alterar de forma significativa nas próximas semanas.

Pelos resultados da nuvem de palavras do seu blog, “Bombacha” deve estar agastado por não ter podido praticar durante o primeiro mês do ano seu mister preferido: noticiar com toda pressa qualquer fofoca de corredor na Arena, desde as cláusulas de contrato da construção do estádio até a do reajuste anual do acordo coletivo dos empregados da área administrativa do clube.
Mário Antônio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.