VOLTAMOS PARA A BRIGA

O que eu mais temia não aconteceu.

Depois da eliminação da Copa do Brasil eu temia que o Grêmio se abatesse no Campeonato Brasileiro, e não jogasse nada no sábado. Foi o contrário. Pegamos o time de nosso velho saco de pancadas Osmar Loss e ganhamos com autoridade. Belo gol de Cebolinha, lindo passe do soneca Luan (como diz a IVI e a parte da torcida que se deixa influenciar por esses pulhas)… melhor que isso, não foi uma vitória do acaso, com um gol achado no início e nosso goleiro de melhor do jogo, salvando vários gols adversários: pelo contrário, o goleiro corintiano Valter foi um dos craques da partida, tendo feito meia dúzia de grandes defesas. Nosso Bruno Grassi, que boa parte da torcida não é lá muito fã, defendeu uma cabeçada no início e depois pareceu ser um torcedor que ganhou o ingresso para ver o jogo de dentro do campo.

O que prova que… estamos na briga. Não ganhamos esse campeonato há 23 anos, tá na hora de sair da fila, até prá não empatar nisso com o Estilo Europeu FC, que ano que vem completa 40 anos sem esse troféu. Aliás, se fôssemos como eles poderíamos dizer que só nos temos o Campeonato Brasileiro CBF, pois os títulos deles foram ganhos sob a égide da CBD, amadora. Mas não somos beócios que anulam títulos de adversários. Nem somos cretinos como os membros da IVI, que sempre querem anular títulos gremistas. Lembram da tal da ‘Copa Toyota’, inventada por meu conterrâneo Kenny Braga? Lembram da história do ‘Campeão do Mundo FIFA’, tanto alardeada por nosso futuro ídolo Vitório Piffero? Esse ano mesmo os cafajestes da IVI queriam anular nosso título da América do ano passado, pois ‘não ganhou de ninguém difícil’. Se fosse fácil ganhar Libertadores eles ganhavam todo ano, pode ter certeza…

Fotos Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: