Vamo, Vamo Infiel!

Hoje com 6°C à sombra já dá para colocar uma manga, frio de renguear louco, como se fala aqui no Hospício.

Pulei da barca, digo, da cama lá por 5h quando um galo louco que chamamos de Dalefranga começou a “latir” em espanhol e acordou até o Volódia, este que tem um sono mais pesado que pastel de batata.

Escutei o barulho das chaves do Cavalcante abrindo a cozinha pro Gui zado começar a fazer a boia.  Nesse primeiro frio, por um momento, até pensei em passar na “sala do tratamento de choque” para regular a lenta mas havia esquecido que lá recentemente apelidamos de “CT do ex-rival”, a companhia de energia elétrica cortou a luz. Esperei até a hora do banho de sol. O sol estava como aquele time no Grenada, com medo de sair. Céu escuro, mais feio que o PokoLindo. Baaaaah, nem chimarrão posso tomar, sem sol não tenho como secar a erva de ontem. Enrolei-me num pedaço de cobertor e liguei na radiohospicio.com para passar o tempo e esperar hora do almoço, aqui comemos cada dia num horário, o Gui às vezes enlouquece e joga a comida fora para utilizar o panelão como Bumbo da Geral. Já passa do meio dia e nada de sol nem de comida. Na rádio, em meio ao “minuto do interno” e uma música boa e outra eis que a programação foi interrompida e me emocionei quando começou a tocar “Infiel”, música da Marília, irmã famosa do nosso segurança Mendonça. Já era 13h e a rádio prestou homenagem àqueles que, diferentemente do Bruno, não o goleiro, e do Marrone, dormirão na ZONA. Justa homenagem, sujos, caloteiros e infiéis dá para pedir música no show da Vida. Terminou de tocar a música da mana do nosso não menos famoso segurança e na seqüência entrou um plantão, tipo aquele do JN que todo mundo treme, informação de que um time que respira por aparelhos na UTI perdeu o plano de saúde. Mas credo, com essa “friaca” a IVI dirá que dormir na ZONA é mais negócio para quem não tem PLANO. A vantagem que lá as sobrinhas curam qualquer doença com mel e uísque por R$300,00 a garrafa, mais barato que qualquer mensalidade de convênio. O lado bom de dormir na ZONA e corre-se o risco de MORAR lá.

Olhaaaa chegou a comida, são 15h, quase na hora do café e do jogo do Grêmio. Estou de olho no sagu com merengue. Encher o bucho e me preparar para mais um show do Tricolor, a equipe vem bem e com o espírito de campeão, não entra na ZONA de conforto, jogando bonito, sério e sempre em busca da vitória. Aliás, VIVA O VITÓRIA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: