UM DIA NORMAL SOB AS LENTES DA IVI

Amanhece no Humaitá. Kannemann é o primeiro a despertar, e cevar seu mate, com o qual já se acostumou por aqui. Éverton é o segundo, muito pelo espírito serelepe e elétrico que o caracteriza.
O sol desperta além de um prédio qualquer, a temperatura amena, porém convidativa a uns minutos a mais no edredom.
O chefe vem a seguir, acompanhado de James Freitas, resmungando: “bons tempos em que eu era jogador e não precisava dar exemplo…”
Marcelo Oliveira ouve o resmungo, dá um peteleco pelas costas na nuca do general multi estrelas Tricolor, mesmo que com o olhar de quem pensa: “quem me dera um dia lustrar tua estátua”, aos risos ainda de dentes não escovados de Tardelli,Vizeu e Thaciano.
Luan ainda dorme, até porque sua noite foi normal.
Matheus Henrique e Pepê resolveram apostar o milk-shake numa partida de FIFA19, e Júlio César aproveita pra lembrar do dia em que falou, na última rodada do Brasileiro 2016: “se depender de mim, eles caem!”. Não precisa citar o clube ao qual se referiu. O ataque de risos de Geromel, lá num canto meio escuro, entrega.
O capita Maicon desce ainda sonolento, pergunta se a galera já descobriu quem é Dourado, e quando o convidado Edílson, de folga em PoA, iria apresentar o vídeo da bordoada…eis que surge Cortez e repete o famoso gesto, dessa vez de propósito. Pra gargalhada geral do grupo, como não poderia deixar de ser.
Após o café da manhã, todos saem para o treino.
Renato entra um pouco antes e acerta os detalhes com o auxiliar, Maicon amarra as chuteiras próximo ao corner, Michel corre ao redor do gramado (recomendação do fisioterapeuta, por conta da longa parada).
Sandro Goiano faz uma visita surpresa, acompanhado pelo ex-companheiro e amigo Pereira. Ao final do rachão, no qual foi apostado um rodízio de pizzas (e que foi combinado um empate pra cada um pagar o seu, só por zoeira), os atletas saem para o almoço. Devidamente acompanhados pelos visitantes, peças-chave da Batalha dos Aflitos, o mais épico jogo da História do futebol, momento fundamental pra estarmos aonde estamos hoje.
Lá por detrás de um arbusto, as lentes frias, cafajestes e previsíveis da IVI captam cada movimento após a saída dos atletas para o campo. Finalizada a atividade física e o rachão, a notícia foi prontamente transferida…
“Renato e Maicon não se falaram, o capitão e o treinador parecem estar de relações cortadas.
Michel não treinou e está fora dos próximos jogos, talvez da temporada.
Sandro Goiano e Pereira aparecem no CT, e há duas hipóteses: ou vieram pra substituir Kannemann que vai pra Itália e Maicon, brigado com Renato, ou pra aliciar jovens da base.
Edílson reaparece no Grêmio, o que indica saídas de Léo Moura e Léo Gomes, o segundo dispensado após briga com Sandro Goiano, que cogitou a volta de Patrício.
Rachão termina empatado em 4×4, o que indica a fragilidade defensiva do time titular. Renato saiu sem falar com a imprensa, tendo apenas dado uma resposta irônica: ‘estamos indo comer pizza…rodízio por conta do meu grupo!’, seguida de um sorriso hipócrita.”
O setorista volta apressadamente ao estúdio da rádio, acompanhado pelo cinegrafista, que registra fielmente cada um dos takes, pra que a notícia chegue em primeira mão ao programa do meio-dia. Enquanto o chefe e seu grupo saboreiam as mais variadas variedades (com o perdão da redundância) de pizzas daquela famosa casa de Porto Alegre.
Querem saber mais sobre esse dia normal de treino do Grêmio?
Consumam algum dos canais da IVI. Mais capítulos da crise no Tricolor prometem ser revelados ao longo da semana.

2 comentários em “UM DIA NORMAL SOB AS LENTES DA IVI

  • 23 de março de 2019 em 20:44
    Permalink

    Fazia tempo que eu desconfiava que o Adriel argentino fosse o meu vizinho… hahahahahaha

    Resposta
    • 26 de março de 2019 em 12:34
      Permalink

      Hahaha…Evandro, o mundo é bem menor do que parece…kkk

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: