SPOILER CONFIRMADO: FESTA NA IVI DURANTE MAIS DE UM MÊS

O título do ano para eles é este.

Novamente não vencemos no Campeonato Brasileiro, sem seis titulares de suma importância. Tivemos um empate diante do Sport, que dias atrás esteve em Porto Alegre todo destroçado e também ficou no 0 a 0 contra a namoradinha da IVI. Avisamos na coluna anterior que estaríamos FECHADOS PARA BALANÇO após a rodada desta quarta-feira e assim será. O detalhe que poucos citam é de que em doze jogos, não repetimos formações, enfrentamos esses 33% de competição basicamente com time misto, perdendo para lesões, desgastes e suspensões esdrúxulas aplicadas por péssimas arbitragens (as mesmas que sonegaram três pênaltis no GREnal, dentre diversos outros lances ‘polêmicos’ que ficaria o dia todo a escrever contra outros adversários).

O Clube do PDF venceu, teve gol do zagueiro que idolatram como fosse melhor que De León, Ancheta, Rivarola, Kannemann, para falar apenas de alguns castelhanos de fato e de direito, que honraram/honram nosso manto, permitindo toda a festa do lado de lá. Sim, o pós-jogo em Porto Alegre foi tomado de BUZINAÇOS no Menino Deus, afinal, estão à frente na tabela de classificação. O título do ano para eles é este. E assim, o spoiler confirmado: festa na IVI durante mais de um mês. Espero que se leram os textos anteriores, não só do Cozinheiro aqui, mas de todos os nossos internos, a vacina tenha sido tomada de verdade, sem permitirem justinar. Enfrentaremos uma Copa do Mundo escutando que a gangorra virou, que estamos em crise, que precisamos de centroavante, que isso e aquilo. Não se deixem levar. Para mim, resta evidente que os noventa minutos da Ilha do Retiro foram contabilizados como regressivos por Renato “Mito” Portaluppi no âmago, a fim de colocar os pés nas areias de Ipanema, jogar seu futevôlei e repensar estratégias para a volta, com elenco completo, jogadores oxigenados, com vontade de retomar o melhor futebol do Brasil. Tenho certeza que assim será.

A lembrar, estamos classificados para as oitavas de final da Libertadores da América, onde enfrentaremos o forte Estudiantes. Temos um duelo difícil contra o atual líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, enquanto outros seguirão apenas com tabela acessível na competição de pontos corridos. O mês de agosto será intenso para nós. Antes, ainda em julho, quando voltarmos da pausa, jogos duros, contra adversários diretos. E querem saber? Confio na força e na arrancada novamente do nosso Grêmio. Não há adversário a temer no país. Com respeito e sabedoria, levantaremos novas taças, enquanto para alguns, o título no máximo será comemorar alguma vaga ou ficar na nossa frente algumas rodadas da competição.

Voltaremos!!

Um abraço, Gui Zado, o Cozinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: