SER GRÊMIO

As pessoas que não acompanham ou não gostam de futebol pensam que são só aqueles noventa minutos, uma disputa entre dois times..
Nós, que vivemos, respiramos, e somos Grêmio sabemos que isso é apenas um bônus.
Ser Grêmio nos proporciona coisas que jamais outro fator poderia nos dar, o tricolor nos dá momentos, histórias e o principal, nos presenteia com pessoas, gente que conhecemos nos arredores do estádio, na Azenha, hoje no Humaitá, e tantos que puderam frequentar a Baixada e compartilharam suas emoções juntos.
Ah, essa gente de Grêmio, eu sou infinitamente grata pelos amigos que o mais copero me oportunizou, e como eu sempre digo, jamais conseguirei recompensá- lo, seja os que vieram no pré jogo, bebendo e cantando, seja os que vieram pelas redes sociais, ou os que a gente faz pôr estar em algum lugar e a pessoa vê a camiseta ou a tatuagem e começamos uma conversa sobre nosso amor em comum, e os amigos no estádio, aqueles que abraçamos na hora do gol sem nunca ter visto, e a amizade vem depois? Ou aquele que tu vê desolado na derrota e vai tentar amenizar a dor que também é tua, ah, e tem aquele que tá chorando de alegria no título e a gente grita, pega no colo e comemora até não conseguir mais..
Quando era criança, li a frase do Bill Shankly e até achei que fosse hipérbole, o meu amor estava no início ainda, hoje tem a certeza de que ele estava totalmente certo, a vida já me mostrou isso por várias vezes..

“O futebol não é uma questão
de vida ou de morte.
É muito mais importante que isso…”

Obrigada Grêmio, pelos momentos, pelas histórias e principalmente pela tua gente, somos realmente diferentes, e eu falo com orgulho que faço parte dos teus.
Te amo.

Abraços de gol.

Imagem: Manoel Petry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: