Quando tudo começa bem…

Não dá prá reclamar do resultado de domingo. Foi a melhor estreia do Grêmio no Gauchão em 20 anos. Mas melhor que o resultado, uma dilatada goleada no penúltimo campeão gaúcho, foi a forma quer ela se deu, com as várias afirmações no time.

Vamos começar pelos nossos jovens, Jean Pyerre, Matheus Henrique e Pepê. Os três foram os melhores do time. JP mostrou que pode ser nosso ’10 Pifador’, nosso meio campo clássico. Matheus jogou muito como segundo do meio, tendo sua atuação brindada com um gol. E Pepê… entrou e botou fogo no jogo. A correria de sempre foi brindada com um gol, e muito perigo na área adversária. Muito reclamei de atuações do ano passado com muita bagunça para pouco resultado. Ontem ele foi bem mais objetivo. Não é prá menos que o Grêmio está precisando contratar pouco (apesar das cornetadas da IVI), nossa base está fornecendo muitos jogadores para o time de cima.

Já Juninho Capixaba… se ele manter essa média de gols, 4 em 5 jogos, não sai mais do time. É melhor que de todos os centroavantes contratados pelo time nos últimos anos, como bem lembra o nosso parceiro da rádio RW. É raro ver um lateral com a fome de gols que ele tem, e com a frieza dele na frente do goleiro. Esperamos que ele seja contratado em definitivo. Vai ser útil demais.

Marinho mostrou que pode ter jeito. Entrou no meio do segundo tempo e fez um gol em seu primeiro toque na bola. Quem me ouviu nos debates da Rádio Hospício sabe que eu sempre defendi que ele e André, com uma pré temporada, podiam ser bem úteis para o time. André ontem entrou tarde, não deu prá avaliar… mas se Marinho se mantiver ligado como entrou ontem nos serve, e muito.

Goleada ao natural com o time reserva, bom futebol, nossos jovens se firmando e mostrando que tem bola no corpo… um início de Gauchão dos mais alvissareiros. Que sigamos assim.


FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: