Mendonça – O Segurança

Que tu tá me olhando?

Mendonça: Filho de um Curupira com uma Iara, sobrinho do Boto e neto do Boitatá, o pequeno Mendonça viu a família ser dizimada por uma tribo de sacis-pererês. Viveu escondido no frio da serra catarinense (onde os sacis não vão porque tem medo do frio e porque seu clube já tomou 5…), treinando capoeira e pensando em vingança, até descobrir que no Estado próximo vivia uma tribo ainda mais traiçoeira, que não por acaso venerava os falsários sacis. Unindo-se de coração e alma ao Grêmio, jurou proteger aqueles tricolores mais nobres e que honrassem a tradição de sua família mitológica tupiniquim, assim tornou-se segurança do Hospício Tricolor. Suas maiores aspirações são ver o Grêmio Bicampeão Mundial e nadar como sua mãe um dia nadou na amazônia, no rio de lágrimas dos adoradores de sacis. Seus hobbies incluem caligrafia guarani enquanto faz a locução de seu programa TARJA PRETA e assistir o bailado de seus primos golfinhos no litoral catarinense.

Pontos Fortes: Capaz de fazer fogo pelas ventas como seu avô Boitatá e nadar como a mãe e o tio, consegue sair do gasômetro até a PUC em 15m.

Pontos Fracos: Tem medo do Taison e do Medeiros, por fazerem uma fumaceira maior que ele. Não consegue sair do Brasil, como toda a mitologia tupiniquim.

Fale com Mendonça no email mendonca@hospiciotricolor.com.br e através do Twitter @mendona22774065. Se estiver por Florianópolis, procure Mendonça nos ringues do círculo de lutas ilegais.

Mendonça é um personagem de Martins (todos os direitos reservados)