O HORÓSCOPO DA IVI

Em mais um esforço de reportagem para descrever o comportamento dos componentes da IVI, suas motivações e desejos, a alternativa deste visitante do Hospício Tricolor foi lançar mão dos conhecimentos milenares da astrologia, já que outras disciplinas como a psicologia e a sociologia têm se mostrado insuficientes.

Cabe ressaltar, de início, que não se trata de uma generalização, mas de um estudo dirigido e específico sobre os selecionados para os times da IVI, desde sua 1ª edição em 2013, conforme arquivos do blog Corneta do RW.

Neste sentido, os gremistas que compartilham os mesmos períodos de nascimento com os ivistas estudados podem ficar tranquilos. Todos os signos astrológicos apresentam um lado luminoso e muitas virtudes que compensam a obscuridade dos desvios e defeitos complementares da personalidade. Apenas foi mais difícil encontrá-los nos craques da IVI…

É curioso, mas quatro quintos (!) dos ivistas, nasceram sob a influência de menos da metade dos signos do zodíaco. Eles são de Touro, Gêmeos, Libra, Escorpião e Sagitário. Por outro lado, não há elementos da IVI nascidos sob a influência de Áries, Leão e Aquário! Casualidade ou um sinal dos astros?

O pelotão dos escorpiões é o maior: cinco alistados. Segundo os manuais e estudiosos, estes costumam ter como característica a falsidade e a crueldade, além de serem manipuladores, venenosos, cruéis e vingativos. São desta turma: Leandro “Manteiga” Behs; Rogério “Bozo” Böhlke; Dom Carvalho; Diogo “Pipoca” e “Justo” Guerra. Estes dois últimos, com a mimosa coincidência (?) de terem nascido no mesmo dia de novembro!

O segundo maior bando astrológico é o dos sagitarianos, aqueles meio homem-meio cavalo da mitologia, que se apresentam exagerados, mandões e aos quais usualmente faltam seriedade e autocontrole. Neste nicho habitam L. C. Reche, o Capitão da IVI; Paulo “Discreto” Brito e “Benficão”, estes dois outros que nasceram no mesmo dia, neste caso, de dezembro; e o Presidente da IVI, Pedro “Legado”.

Em seguida, marcham em conjunto, três touros, digo taurinos, da IVI que compartilham as qualidades da teimosia e da vaidade, além de serem orgulhosos, ciumentos, consumistas e teimosos. Este trio é composto por Benfiquinha, Leonardo “Papoula” Oliveira e o tudólogo Davi “Schoppenhauer” Coimbra, ‘special guest star’ deste estudo, haja vista que nunca “fardou” nos times da IVI, escolhidos por eleição entre os leitores do blog Corneta do RW.

O signo de Gêmeos ampara afilhados conhecidos pela sua habilidade de enganar e manipular, por sua superficialidade, inconstância de humor e opinião, bem como pelo deslumbramento. Os geminianos da IVI são: o técnico, Nando “Prancheta”, Maurício “Guinaçççú” Saraiva e o “especialista de Grêmio” da IVI do Centro, Hiltor “Mönchengladbach”.

O último bloquinho astral da IVI é o dos nascidos sob o símbolo da balança (Libra) e reúne duas sumidades da IVI e que, em mais um acaso meigo da natureza, nasceram, ambas, num dia 1º de outubro! Como explicam os sábios da astrologia, librianos comumente são preguiçosos, indecisos e querem agradar. Os eminentes ivistas desta dupla são JB “Arceboy” Filho e o “Ex-presidente” Baldasso (jubilado após ter saído do armário por “razões profissionais”).

Finalmente, há dois  ivistas astrologicamente avulsos, cujos signos são, por via de regra, adjetivados de limitados, imaturos, controladores, maníacos, inseguros, ambiciosos e irrealistas. Não necessariamente nesta ordem, estes são os peixes e capricornianos, cujo símbolo é uma cabra… O leitor interessado em astrologia pode juntar os pontos – nomes e características – e identificar quem é quem entre estes dois ivistas desgarrados dos astros:  Diori “erro humano” Vasconcelos e Batista “desmaio”.

Previsões para 2019:

A IVI non ecxistirá! (RIP, Pe. Quevedo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: