O ano começa quinta-feira

Quinta Feira o Grêmio joga para mostrar que quer conquistar a Libertadores desse ano. É a partida decisiva, caso o time perca vai ter que brigar muito para se recuperar, e vai depender dos outros times para a classificação. Então é bom que ganhe. O empate não vai ser nenhuma tragédia, mas não vai ser o suficiente para a tranquilidade. Num mundo ideal precisamos de uma vitória na quinta.

E os resultados do Gauchão? Normais… o jogo de quinta feira começou 6 a 0, nosso time não fez grandes esforços para aumentar o placar e o Juventude não queria tomar mais. Mesmo assim houve a tradicional má vontade dos juízes, com gol mal anulado. E tivemos de prejuízo a lesão do voluntarioso Marcelo Oliveira.

Domingo foi um jogo de ataque contra defesa, com alguns contra ataques perigosos. O São Luiz não quis ser o próximo Juventude, e armou uma legítima retranca texana, com muito ‘bola pro mato que o jogo é de campeonato’. Saía na boa, mas a tônica do jogo foi um amontoado de jogadores defendendo em bolo. O Grêmio bem que tentou, mas ficou claro que estava com a cabeça bem longe, no Chile, e não colocaram aquele gás a mais que talvez fosse necessário.

Não resolveu a semifinal, como era a vontade. Mas está longe de ser a terra arrasada que a IVI pinta. No futebol tudo pode acontecer, nada proíbe o São Luís de fazer um gol meio sem querer no início do segundo jogo e ‘especular’ o resto do tempo… mas a tendência é um time mais reforçado e uma vitória tranquila no domingo. Daí tudo vai ser Grenal. Daí vamos ter que jogar muito, pois ganhar do colorado, do 9letto e dos permissivos juízes gaúchos, todos juntos, é dose prá leão. Mas… vâmo que vâmo… Deus reserva algo muito especial prá gente esse ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: