Mas e o Grêmio?

Ok, empatamos contra o lanterna

Resultado inesperado e irritante, mas não é pra terra arrasada como tentam nos imputar.
O Paraná alterou drasticamente a sua forma de atuar ao nos enfrentar, ruim. Mas é bom. Sinal de respeito, como já acontecera anteriormente com outros adversários, cientes do futebol que estamos jogando.
Discordo de quem diz que o Paraná, assim como o inter nos parou. No Grenal quem nos parou foi a arbitragem ao sonegar 3 pênaltis claros e um discutível. Tivemos contundência ofensiva e vitória no ataque. Contra o Paraná demoramos a efetuar as substituições e somente fomos pra cima quando entraram Pepê (tem muito futuro), Lima e Cícero. Em jogos assim precisaremos buscar alternativas para martelar a defesa adversária enquanto não volta o Everton ou o Alisson. Entrar com um time mais voltado para o ataque, talvez. E fazer valer nossa maior qualidade técnica.

Temos jogo quarta pela Libertadores. Podendo garantir a segunda melhor campanha no geral, decidindo em casa contra os demais adversários abaixo da tabela. Bom e indiferente. O Grêmio não é time caseiro ganhamos vários títulos importantes fora de casa também, diferente de muitos por aí.
Precisamos manter o foco, buscar soluções contra retrancas e nos manter dentro do planejado. Vamos bem e em 3 competições estamos nas cabeças. É dar o sangue até a parada para a Copa e recuperar todo mundo. Voltar como nos anos anteriores com o time voando baixo no último quadrimestre. E daí… Bom, daí que o céu (azul) é o limite. Que se repita os dois últimos finais de ano.

Saudações tricolores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: