MANDA LOGO O RENATO PARA O FLAMENGO

Leia até o fim!!

Pelo que se percebe nos bastidores (e ao vivo) em diversos veículos da imprensa do Rio Grande do Sul, a indignação seletiva e torcida contra o Grêmio é proporcional ao número de conquistas de Renato “Mito” Portaluppi e seu elenco que joga futebol. Já são 72h de uma goleada na final do torneio amistoso aquele, diante do Inter de Pelotas, mas o assunto nos debates esportivos permanece em cima da justa e correta expulsão do jogador Eder Sciola, além da – falsa – motivação para que o time treinado pelo ex-goleiro deles não desista do jogo (em outras palavras, dê porrada, quebre alguma peça nossa, honre a tradição do ‘Charmoso’).

A amargura está patética e o desejo de uma saída do comandante gremista se faz em plenos pulmões. A campanha é tamanha, que insinuam a falta de ética do padeiro de Bento Gonçalves, nascido em Guaporé, pois ‘já teria conversado com diretores do CRF’ (às vésperas de um jogo pela Libertadores, que ocorre hoje, contra o Monagas, atual campeão venezuelano). Externam que o Rio de Janeiro é a verdadeira casa do pai da Carol (sabemos que sim), porém, afirmam que ele não está feliz em Porto Alegre, bem como chegam a ironizar com a frase ‘Flamengo é Flamengo’, garantindo que para chegar à Seleção Brasileira, sonho do filho da dona Maria, é preciso estar lá.

Vejamos, Tite não treinou o Rubro-Negro. Dunga também não. Felipão igualmente passou longe do Urubu. Mano Menezes só foi para lá depois que esteve na CBF, para falar dos últimos. Argumento falho, como aliás o são na maioria das vezes os proferidos pelos representantes da IVI aos microfones, papéis de enrolar peixe e Redes Sociais. Pior que canais do centro do país blasfemam em campanhas favoráveis para que o ídolo da camisa 7 eterna se vá à Vargem Grande.

Entretanto, o que mais impressiona é a distorção da fala do técnico, que de setembro de 2016 até agora ganhou três títulos de verdade, em quatro finais que disputou. Na entrevista coletiva, indagado sobre a vantagem e como o Grêmio poderia perder o Campeonato Gaúcho, respondeu: “Grêmio só perde para ele mesmo”. Em tom respeitoso e, em nenhum momento, se bajulando por ser de um Clube infinitamente superior ao adversário. No entanto, para alguns, o desdém interpretado é passível de que os vermelhos e pretos da Princesa do Estado possam fazer CINCO (mesmo sem Réver em campo) e sagrem-se vitoriosos do Novelettão.

Por favor, a manchete caça-clique é uma – ômenáji – para quem gosta de tal advento, até porque levar 5 a 0 atualmente seria de fechar as portas, implodir o estádio, demitir do presidente ao roupeiro e aí sim, dar o aval para o apelo que intitula este texto: MANDA LOGO O RENATO PARA O FLAMENGO.????????

Um abraço, Gui Zado, o Cozinheiro que já disse que quer cargo vitalício ao Alex Ferguson dos Pampas!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: