Grêmio, segunda melhor campanha no Geral na LA. E tem quem ache ruim

Se tá ruim pro Grêmio, imagina pro resto.

Na fase de grupos foram 32 equipes (sem contar os times na pré Libertadores), campeões e vice nacionais em sua maioria, as melhores equipes da América do Sul, no maior campeonato de clube das Américas. O Grêmio alcança a segunda melhor campanha entre TODOS.
E tem quem diga que a campanha do Grêmio é fraca. Que pegamos o grupo mais fraco, que não enfrentamos ninguém forte, enfim. Não faltam argumentos para desqualificar o desempenho e conquistas do Grêmio. Não é só a imprensa, tem torcedor que pensa assim também.
O fato de termos retornado mais tarde este ano devido ao sucesso na temporada passada, ou da necessidade de encerrar a pré-temporada com 12 dias somente (Isto mesmo, tivemos uma pré-temporada de 12 DIAS SOMENTE) devido ao início titubeante no Gauchão, devem ser levados em consideração por quem gosta e procura entender o esporte Bretão. Por que isto afeta diretamente o desempenho, a parte física, lesões. Nem falo do acúmulo de jogos e distâncias percorridas em viagens, mas um atleta de alto rendimento não pode se considerar pronto para uma temporada puxada como será a nossa com 12 dias de preparação física de base para suportar a temporada, voltando de 30 dias de férias (merecidas).

É incrível como tem gente que assiste os jogos e não consegue entender o que se passa dentro de campo. E fora dele, mas daí já é exigir demais.

Vamos fechar o primeiro semestre dentro do que fora planejado: já vamos com um título internacional, um regional, classificados para as 8as da Copa do Brasil, para as 8as da Libertadores com a segunda melhor campanha no Geral, e falta só nos mantermos no bloco de cima do brasileirão até a parada da Copa.

Teremos 30 dias pra recuperar lesões e reforçar o aspecto físico. Completar o que faltou na pré-temporada. E seguindo o planejado, voltar voando baixo no segundo semestre.

Se tá ruim pro Grêmio, imagina pro resto.

Saudações tricolores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: