Free Fallin’

Uma pena que todo o domingo não é assim… vitória tranquila juiz roubando e impedindo uma goleada, co irmão sendo ajudado pelos resultados paralelos e se ferrando sozinho…

Na Arena o Grêmio conseguiu uma vitória tranquila, que nem o juiz louquinho prá atravessar o samba conseguiu atrapalhar. Dois a zero, gol legal invalidado, time se impondo contra adversário fraco… é assim que tem que ser. Me cansei de ver jogos assim serem complicados por não sabermos nos impor contra retrancas e adversários tentando nos intimidar na porrada, com a ajuda de juízes mal intencionados. Coisa boa que Cebolinha está calibrando o pé de novo. De nossa parte… ótimo.

Mas a diversão mesmo veio dos lados do Remendão. Era para ser um domingo tranquilo, eles ganharem de um time desesperado para não cair e especulando um (pouco provável) fiasco palmeirense… que, para a surpresa geral, começou a acontecer. O já rebaixado Paraná Clube saiu ganhando. Festa na IVI. É vâmu vâmu Inter, papai é o maior, gol colorado é questão de tempo… gol… do Botafogo… nem assim diminui a empolgação. Vamos encostar nos líderes, é hoje, estamos a dois gols de ficarmos ao alcance deles…

E nem assim veio. O time jogou o que vem jogando, nada, e não contou com o apito amigo dessa vez. Para o desespero dos próceres da IVI esteve mais perto de tomar o segundo gol do que de virar o jogo. Quem acompanhou a transmissão se divertiu demais com o desespero dos isentos. E dê-lhe narrador falando no ‘nosso time’, que todo o Rio Grande torce por um título colorado (todo quem, cara pálida?)… O Palmeiras ainda empatou seu jogo, mas o nobre colorado não conseguiu nem isso. Nem o desespero de um comentarista de arbitragem, que queria um pênalti para o colorado no grito, serviu dessa vez.

Meus três leitores sabem como gosto de ilustrar minhas mal traçadas linhas com metáforas musicais, que muitas vezes funcionam melhor para descrever situações que qualquer outra coisa do mundo ‘normal’. Dessa vez vamos de Tom Petty… eles estão livres… em queda livre…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: