É O GRÊMIO

Chegando a hora pessoal. Mais uma decisão. Novamente o Cap no nosso caminho. Lembrando que ali, contra este mesmo Cap em 2016, tivemos nosso turning point definitivo, algo que vinha em construção desde as vitórias por 4×1 e 5×0 nos Grenais. Mas que ali, naquele jogo e naquelas adversidades, na falha do Grohe em tempo normal e finalmente nas penalidades, com o mesmo Grohe se consagrando e nos classificando, partimos para um ciclo de vitórias que começa naquela Copa do Brasil, passa pela Libertadores em 2017, Recopa em 2018 e ao meu ver ainda não findou.
 
E vou dizer porque acho que este ciclo de vitórias segue ainda: Este time, ainda em formação apesar da manutenção de vários jogadores e saída de outros tantos, já deu provas de funcionar melhor sob pressão. De jogar focado as Copas. Todas as vezes que foram exigidos, deram resposta, seja na fase de grupos da Libertadores, nos mata-matas do gauchão e no jogo contra o Bahia pela CB. É um time talhado para competir e pronto pra virar um time de Nego-Véio, daqueles matreiros, que usam da experiência com as vitórias e principalmente com as derrotas, para entender que é preciso se manter vencedor. Que uma desclassificação cobra caro e por isto mesmo a gente precisa vender muito mais caro ainda. É um time que cresce na hora certa e tem tudo para seguir assim. Eu acredito. Por que é o Grêmio.
 
Vamos Tricolor.
Dá-lhe Grêmio.
 
Saudações Tricolores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: