E hoje? Vai. Ah vai.

Início de Copa para o Tricolor hoje.
A gente ama essa competição. A gente vibra com a possibilidade de ter o sexto caneco.
Hoje, inclusive, é aniversário do TRI dessa competição que tanto amamos.
Dia emblemático.
Poderia ser um dia de alegria, de ansiedade para fazer um bom jogo e já garantir a vaga na próxima fase.
Um adversário que na teoria não deveria nos assustar.
Mas as cosias estão estranhas.

A gente não está empolgado, ansioso esperando o jogo. Acho que ainda tem chateação e indignação dos últimos jogos.
A gente está com medo. Medo do Juventude? Nada.
Medo do Grêmio mesmo.

Não queremos ver o Grêmio sem sangue, sem ânimo, sem humildade, sem tática, sem zagueiro, sem comando.

Esse Grêmio já encheu nossa paciência.

Queremos ver o Grêmio aguerrido, dedicado, que ganhe de meio a zero. Dar show? Não somos petulantes a esse ponto. Só queremos ganhar hoje.
E sábado. E na outra quarta.
Nada que o nosso tricolor não tenha nos acostumado. A vencer. Jogando bem ou mal, mas trazer a vitória.
Precisamos dela. Para virar a chave.
Precisamos voltar a sentir a capacidade de superar qualquer adversário. Principalmente a nós mesmos.

Se estamos confiantes para hoje?
Claro.
Porque essa é a vida do gremista.
Ele se chateia, se entristece e até sente medo.
Mas conforme vai chegando a hora do jogo, a gente já começa a ter certeza de que hoje vai.
E vou dizer uma coisa pra vocês.
Hoje vai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: