Drops do Hospício – Dia de Grêmio

Já em casa, feito um lanche, cerveja remanejada para o freezer, com a camiseta, meião e jaqueta do Grêmio, rádio carregado e pré-sintonizado na Rádio Grêmio Umbro (90.3), todas atividades possíveis e prévias ao jogo já devidamente completas. Resta a gestão da ansiedade até a hora do jogo. Hora que não passa. Jogo que não chega. Escalação que não se confirma, preocupação que não se esvai com a ausência do Cebolinha.
Conversando com amigos que se encontram em Buenos Aires, o ambiente é de otimismo. O estádio em Quilmes dificilmente lotará. Teremos cerca de 800 torcedores nossos lá, que estas vozes nos representem. Que a história seja escrita. Que a gente saia da Argentina encaminhado para as 4as da Libertadores.

Dá-lhe Grêmio. E vou destampar a primeira cerveja do alento, mesmo em casa.

Saudações tricolores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: