Dra. Rosalinda

Doutora Rosalinda: Filha de neurocirurgiões amadores, a pequena Rosalinda sempre sonhou com a Medicina. Costumava aguardar ansiosa a chegada do Pai (carteiro), e da Mãe (contadora) para ajudá-los “a botar a mão na massa” (no caso a massa cinzenta de alguém), enquanto operavam na garagem de casa. Um dia enquanto se dirigia em um coletivo para a faculdade, foi forcada a desembarcar por um pneu furado no veiculo, exatamente defronte ao antigo Estádio Olímpico, antes de uma partida decisiva do imortal. Ficou fascinada com todos aqueles cérebros reunidos e sintonizados, sincronizados com as alegrias e agruras de seu time. Foi conquistada pela loucura tricolor. Desde então soube que só seria feliz unindo a medicina, a psiquiatria e o Grêmio (e a chance de abrir uma cabeça de vez em quando na garagem). Assim tornou-se a médica responsável pelo Hospício Tricolor. Seu maior desejo eh ver novamente o Grêmio vitorioso no mundial e examinar o cérebro de algum integrante da IVI na garagem.

Pontos Fortes: Eh a criadora da terapia de choque a pilha, que substitui com economia de energia e melhores resultados a tradicional terapia de choque para tirar pacientes do surto. Sua técnica consiste em ligar um radinho a pilhas com fones de ouvido em alto volume no programa do Capitão Reche e colocar no paciente. Em segundos o paciente sai do surto e implora para desligarem o aparelho.

Pontos Fracos: Solteira e sem namorado, as vezes se sente presa da solidão. Nestas horas sai em busca do homem perfeito e, sem o encontrar tenta criar seu próprio com partes de diversos deles. Acabou sendo expulsa do Tinder.

Fale com a Doutora Rosalinda no email rosalinda@www.hospiciotricolor.com.br ou no twitter @DraRosalindaH3C

Veja todas as colunas da Dra. Rosalinda clicando AQUI

Doutora Rosalinda eh um personagem do Hospício Tricolor (todos os direitos reservados)