DEFINIÇÃO DE COPEIRO

O porão do Hospício é um lugar insólito, que por vezes eu mesmo me perco. É tanto material sobre o tricolor que tenho a sensação de estar conversando com Lara e debatendo com Foguinho.

Mas uma das coisas que mais me encanta é que cada torcedor carrega uma história com o tricolor. Todo gremista é um acervo de sentimentos, de emoções vividas ao logo de sua vida.

E uma das primeiras coisas que aprendemos junto aos nossos ancestrais tricolores é o significado da palavra Copeiro. Isso porque no futebol brasileiro, o substantivo Copeiro é indissociável do predicado Grêmio.

Não é só o fato de sermos Pentacampeões da Copa do Brasil e Tricampeões da América; ou de ser o primeiro clube a atingir a marca de 100 vitórias na Libertadores e estar rumo a sua nona final em Copa do Brasil. Isso são números importantes, mas não é somente isso.

Estou falando de alma copeira. Um espírito que faz torcedores desacreditados, acreditar; os calados, alentar; os jogadores, a jogar; e os adversários, temer o azul, preto e branco do nosso manto.

A decisão, o matar ou morrer é o que move o Ser gremista. O nosso destino é levantar Copas. É algo inerente, primordial e louco.

Simplesmente somos assim, e está longe de ser por acaso.

Então, seja num velho dicionário carcomido pelas traças ou no campo de pesquisa do Google, quando alguém procura a definição de Copeiro no futebol brasileiro, está lá só um verbete:

Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: