De Gremista para Gremista.

Sonho ou realidade?!

Hoje Sexta feira dia 08/12/2017 acordei estranho, um misto de nervosismo, ansiedade e fiquei me perguntando porquê, percebi que venho acordando assim desde a volta da Argentina no dia 30/11. Pensei e repensei e a conclusão cheguei: É o Grêmio, só pode ser o Grêmio! O que eu e todos os gremistas estamos vivendo é mágico, é algo que não acontece sempre, pra nós mais precisamente a cada 15, 20 anos… Estamos no Mundial!! Que alegria, que sonho, que realidade… mais uma vez me bate a nostalgia e lembro de meu querido fanático pai, e daquele incrível 28/11/1995, onde eu com 13 anos não dormi a noite toda aguardando aquela manhã quente no Brasil e noite fria no Japão.

Tricolor desde Sempre
Tricolor desde Sempre

Enfrentávamos nada menos que a base da seleção Holandesa, provavelmente o melhor Ajax de todos os tempos, o famoso time do Tic Tac, um time veloz, rápido, em que nenhum jogador parava com a bola no pé, era um domina e passa pra todos os lados e cantos do campo.

Coletiva Grêmio 1995
Coletiva Grêmio 1995

Mas e o Grêmio? Ah o Grêmio, aquele Grêmio foi um dos times mais valentes que vi jogar, enfrentou de igual para igual aquela máquina Holandesa e só não venceu no tempo normal devido a uma expulsão injusta do nosso zagueiro Rivarola no início do jogo. Eu, meu pai e meu irmão mais novo assistíamos nervosos aquele time guerreiro segurar o Ajax e levar o jogo para os pênaltis, ali imaginávamos que o bi do mundo viria. Infelizmente não veio, com erros de Dinho e Arce nas penalidades, contra o grande goleiro Van der Sar. O Ajax ainda perdeu uma das cobranças com Kluivert, mesmo assim não adiantou. Mas tenho certeza absoluta que se não tivéssemos perdido um jogador logo no início do jogo teríamos vencido no tempo normal, o próprio técnico Holandês Van Gaal anos depois admitiu a superioridade Tricolor. Perdemos jogando muito e com muita raça e alma, que é marca da história do nosso clube e da nossa torcida. Ali o sonho se foi… Eu disse: O sonho se foi? Perdão, o sonho do Bi Mundial nunca se foi, ele pode até ter adormecido, mas nunca morto para nós gremistas. E agora este sonho está mais do que vivo, está repleto, reluzente, e brilhante dentro de nós, dentro daqueles que como eu viveu aquela grande batalha em Tóquio e destes jovens que nunca tinham visto grandes glórias do nosso Imortal.

tri da libertadores
Tri da Libertadores

Chegou a nossa vez de novo, e com toda confiança misturada aquela ansiedade e nervosismo vamos buscar o Bi, agora é a hora, chegou o nosso momento, temos time para isso, temos o grande Renato Portaluppi e temos um clube que por história não se mixa pra time nenhum de lugar nenhum do mundo. Que venha a semi final terça feira 12/12/2017 e se Deus quiser (e vai querer) que venha o Real Madrid e suas estrelas galácticas. Não temeremos, não nos abateremos, não fraquejaremos e traremos o Bi Mundial, coroando um grupo mais que merecedor. O melhor futebol do Brasil de 2017 se tornará o melhor do mundo em poucos dias, e eu estarei vivo presenciando isso, desta vez, não mais sonhando, mas acordado, bem acordado transformando o então sonho em realidade.
??Vou torcer Grêmio bebendo vinho, e o MUNDIAL é o meu caminho??

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: