Cadê meu título?

O Grêmio NÃO GANHOU nenhum título esse ano.

No silêncio da cozinha aqui do Hospício, horário que os demais loucos estão sedados, me remeto ao segundo dia de 2018 com uma grande preocupação: O Grêmio NÃO GANHOU nenhum título esse ano. Que absurdo! Ando preocupado com isso. Como nossa diretoria permite algo assim?

Disseram que o elenco nem se apresentou ainda, porém creio que querem me enganar. Afinal, pelos noticiosos desportivos da aldeia deparo com elocubrações de atacante que não sabe finalizar; lateral de saída, antes odiado, agora novo Nilton Santos; dificuldade de manter a espinha dorsal; falta de motivação de um treinador que ama a Praia e vive enclausurado em Porto Alegre (mas canta o Hino no Réveillon); enfim…

Com todas essas externadas manchetes, obviamente o desejo de conquistar uma taça torna-se utópico. Certamente será um longo ano triste para nós, como já estou, afinal, 2018 começou e nada ganhamos ainda.

Narizes de cera à parte, até porque nem no jornalismo Gonzo consideram três parágrafos assim, resta dizer que quanto mais baterem, mais cresceremos, como o pão que certa vez aquele padeiro fazia. Basta olhar ao outro lado. As ensaiadas chamadas positivas para maquiar orçamento deficitário, fracassos em contratações (quer dizer, desistências), soluções caseiras, etc, fazem-nos pensar que estamos há quase oito anos sem gritarmos É CAMPEÃO. Aliás, competição nacional já completaram Bodas de Prata, enquanto esquecem propositalmente de quem é Penta, Rei de Copas, time mais copeiro do Brasil. Tri da América. O atual detentor da Taça Libertadores. Nós não deixaremos cair ninguém olvidar disto. E iremos por mais.

Portanto, aqui, deste silêncio (um minuto, ssshhhhhh) afirmo: vocês vão cair esse ano, hein???

Saudações Tricolores,
Gui Zado, o Cozinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: