ALÉM DA RIVALIDADE: UM AMÉM AOS ANJOS DO FLAMENGO

É imprevisível.
Lá está o menino descalço, jogando sua pelada com os amigos em uma vila qualquer.
Seu pai pega semanalmente um jornal barato em alguma banca, e na penumbra de um lampião ou uma improvisada lâmpada de 40w abastecida por algum “gato”, o menino vê, em uma das páginas, seu ídolo que foi o melhor em campo e deu a vitória a seu time do coração.
O pobre menino enche os olhos de lágrimas, mira em outro “cômodo”, talvez uma subdivisão do barraco, os pais comendo o pouco que conseguiram adquirir, e pensa: “um dia serei igual a esse meu ídolo, e lhes darei uma vida digna!”.
E na semi-luz desse candeeiro, adormece e se vê em sonho com a camisa de um grande clube. Muitas vezes, repartindo a pouca comida com vários irmãos.
Aí, a sonhada oportunidade vem. “Pai, mãe!! Passei na peneira! Vou ser jogador de futebol!”
A alegria dos pais não pode ser medida por suas lágrimas de alegria. Os esforços exclusivamente dedicados a esse sonho de criança, muitos pratos de comida sacrificados pra que, num futuro próximo, seja esse pequeno a brilhar nos gramados, e por conseguinte, nas telas das televisões do país, talvez do mundo. Sem ambição monetária, apenas a satisfação de ver um filho brilhar.
Aí, após o objetivo de se destacar entre milhares, e enfim vestir a camiseta de um dos gigantes do país…a tragédia!
É imprevisível mesmo…o último sono, o último sonho, tudo indo embora feito fumaça. Nesse caso, com a fumaça…entre cinzas e destroços, histórias como essa, perdidas em meio a tantas incertezas, no incêndio de um CT que há anos relutava em obter o PPCI. Sabemos todos nós o que acontecerá a partir de amanhã: um processo de caça às bruxas, procurar culpados, desviar o foco dos grandes culpados.
Não tenho emocional pra me ater a detalhes. É o menos importante agora. Desejo apenas muita luz para as famílias, e que esses jovens descansem em paz. Aos demais guris largados nos mais diversos CTs, muitos deles em condições iguais ou piores do que as do Ninho do Urubu, fica meu pedido: não deixem que o sonho criança de cada um de vocês se perca. Que cada um de vocês durma com a certeza de um amanhã melhor, pra vocês e para suas famílias. A tragédia daquela madrugada não pode levá-los ao caminho obscuro dos que perambulam, desacorçoados com a vida. Não!
Aqueles inocentes que hoje se foram zelarão por vocês todos, sempre!
E no dia em que forem profissionais como esses 10 meninos almejavam ser, e seus pais estiverem em condições dignas, vocês plenamente realizados…lembrem daquele guri descalço, tal qual vocês, que tentou o mesmo objetivo e o destino cruel impediu, e façam uma oração.
De lá de cima, cada um daqueles anjinhos, mandará seu Amém.

⚫Argentino⚫

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: