A popularidade crescente do nosso futebol na América

Aqui nos Estados Unidos é comum ouvir, sobre o nosso futebol, um tipo de piadinha como “o ‘soccer’ é o esporte do futuro na América… e nunca deixará de ser!”.

Mas agora os apreciadores americanos do nobre esporte bretão finalmente tem a prova de que os números de popularidade estão crescendo.

Um pesquisa do Instituto Gallup recentemente publicada mostra que 7% dos americanos mencionam o futebol como seu esporte favorito para assistir, em um levantamento finalizado em dezembro último.

Pode até não parecer muito, mas este número representa um avanço de três pontos percentuais sobre a mesma pesquisa quatro anos atrás. Além disto, o futebol foi o único esporte a apresentar este tipo de crescimento. O futebol americano (37%, caindo de 39%), basquete (11%, caindo de 12%) e beisebol (9%, caindo de 13%) todos tiveram tendência de queda. Hockey subiu para 4%, e anteriormente tinha 3%.

As setas apontam claramente o caminho, e projeta-se que seja bem provável que na próxima pesquisa o futebol supere o tradicional basquete.

Ainda mais interessante a pesquisa se torna quando analisamos os seus dados demográficos: Apenas 1% dos entrevistados pelo Gallup com idade acima de 55 anos mencionaram o futebol como favorito. Mas entre os adultos entre 18-34 anos, o futebol foi escolhido por 11%, empatado com basquete; apenas 6% dos adultos jovens escolheram beisebol.

Pessoas que se definem politicamente como “liberais” também mostraram grande preferência pelo futebol. Entre este grupo a diferença entre o futebol e o futebol americano foi de apenas 15 pontos!

Estes resultados são impressionantes se considerarmos que se dão justamente em um ano em que não houve Copa do Mundo, e com a seleção americana eliminada para a próxima, na Rússia.

Claro que existem “poréns” que devem ser observados nesta pesquisa. Por exemplo o Gallup não pede para que os participantes listem seus esportes favoritos em ordem decrescente. Podemos imaginar que aqueles que responderam com futebol americano como favorito, provavelmente poderiam também citar que assistem basquete ou beisebol que são tradicionais, e não nosso futebol.

E também há o fato de que nenhum destes esportes mais tradicionais se encontra no leito de morte. A Major League Baseball – MLB, em particular, obteve alguns recordes na audiência de TV recentemente.

Sabe-se que o futebol enfrenta algumas barreiras difíceis aqui na América. Muitos dos portais tradicionais da midia continuam resistentes ao esporte, e é mais provável que deem manchetes para o basquete ou hockey em seus debates e noticiários do que para o futebol. Este tipo de situação pode criar para o público em geral uma ideia de que o futebol é só um esporte menor, restrito a determinado nicho.

Mas talvez o maior drama é que o futebol é o único esporte na América que não atrai atletas da elite mundial para sua própria liga profissional – ao menos até agora. A NFL, MLB, o NBA e o NHL apresentam os maiores times e melhores jogadores no globo. Já quando o Toronto derrotou o Seattle na recente Major League Soccer Cup, se pode dizer que o 103o. melhor time do mundo derrotou o 128o. melhor, ou coisa assim.

Em parte por causa disto os espectadores das partidas de futebol são espraiados na América, divididos entre transmissões da MLS, da English Premier League, da Bundesliga, Champions League, etc. Desta forma os números de nenhum destes jogos são impressionantes, exceto em um evento monumental como a final da Copa do Mundo Feminino em 2015, onde mais de 25 milhões de americanos assistiram, um número que hoje em dia nenhum outro esporte atinge, exceto o futebol americano.

De qualquer forma esta última pesquisa dá um vislumbre do que o futuro parece estar trazendo. O panorama dos espectadores está mudando, da mesma forma como a internet alterou a forma do jornalismo no mundo.

Três gerações atrás jornalistas esportivos aqui escreviam sobre corridas de cavalos, boxe e beisebol. Destes só o beisebol continua relevante ainda nas redações.

Agora lá vem o futebol, o esporte do futuro na América. Só que já é um futuro que se vê ali na esquina, quiça presente.

Fonte: http://news.gallup.com/poll/224864/football-americans-favorite-sport-watch.aspx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: