A CARTA DE AISTOROVIC

Me chamo Gareth Aistorovic. Sou Gremista e vivo num planeta distante, entre a Terra e Marte. Aqui faz frio, mas não tanto quanto no planeta verde. Com roupas especiais é possível sobreviver sem sobressaltos.
Não entrarei em detalhes sobre como é a vida aqui, mas afirmo que é bem legal, mil vezes melhor do que durante minha infância naquela metrópole da América. Poucos sabem, mas até internet e TV a cabo temos. Interajo frequentemente com terráqueos, e confesso que estou com uma pulga atrás de uma das minhas 4 orelhas (sim, aqui desenvolvemos mais duas, é muita informação e muita choradeira, tudo chegando ao mesmo tempo com nosso avançado 7G): o que se passa no planeta Azul?
Eu não assisti ao jogo do meu Grêmio contra o CSA. Dizem meus amigos terráqueos que foi de chorar, que o futebol foi pífio e que dois pontos escaparam. Mas por que a surpresa? Sei lá, eu particularmente até temia algo pior. A escalação que aqui chegou via meu 7G incluía Rômulo, um baita ser humano cujo defeito único é crer que seja jogador de futebol. Galhardo, que vejo como o melhor lateral direito do elenco, escalado pela segunda vez como atacante pela direita. Um inconstante Paulo Miranda em detrimento ao ascendente Rodriguez (por aí chamam de Tonhão se não me engano…mas tanto faz). Um tal de Juninho Capixaba, que eu imaginava ser de pouca qualidade, mas que me provou o contrário. Sua qualidade é absurdamente nula, embora talvez seja um bom menino também. Muitas fichas depositadas em um senhor de muita qualidade, mas que é lateral direito e está em vias de aposentadoria. Algum habitante terrestre imaginava algo melhor? Caso seja positiva a resposta, preciso repensar meu plano de internet 7G. Estão chegando informações distorcidas.
Vejamos: minhas fontes me informaram com absoluta procedência (segundo eles) que Galhardo é lateral, não atacante. Rômulo não farda no Aishban Deporte de Higa (time aqui do vilarejo aonde moro – sim, aqui também existe futebol), Capixaba é mais parecido técnica e fisicamente com o Wolverine do que o próprio, Paulo Miranda e Léo Moura não deverão permanecer, e Renato…eu me esforço pra te defender! Mas teu crematório precisa ser fechado urgentemente. Já foi com Montoya, agora a repetição com Galhardo. Pepê sendo xingado por errar um gol me faz lembrar que Éverton errou um quase igual, que nos teria dado a vaga à final da Libertadores 2018, e nem por isso foi hostilizado dessa forma.
Acabei de atualizar a tabela via 7G, que aqui funciona muito bem, e vejo um CSA remando com uma colher pra fugir do rebaixamento, e um Grêmio que dá ao Brasileirão a importância que o bêbado da festa dá à ultima baranga solteira quando a banda já recolhe os instrumentos: “não vou fazer força nenhuma, mas se sobrar me serve também”.
Pelo que tenho sido informado, o Grêmio segue vivo em duas competições paralelas. Que bom! Porque aqui no vilarejo de Higa só o que chegam são notícias de terra arrasada, quase como se o Barcelona perdesse um Mundial pra um time de várzea, com um único chute a gol de alguém que atualmente vende coco na praia. Opa, sério que já aconteceu? Puxa, meu 7G é muito melhor do que eu pensava.
Coloquemos os pingos nos “is”: o Grêmio não quer o Brasileirão. As escalações toscas e sem noção do Renato provam isso. Parece usar a competição pra queimar os jogadores que ele não pretende usar e dar visibilidade a alguns “bruxos”.
Por isso, como nosso fuso daqui é muito semelhante ao da Terra, tenho me programado para assistir às Copas. Sei que parece simplista e melancólico pra um mês de julho. Mas a realidade Terráquea me parece ser essa.
Não esquentem a cabeça galera! Daqui é possível ver perfeitamente o desenho de uma realidade que muitos de vocês estão julgando como absurda. Nada está fora da curva.
Ah, algumas vezes, devido ao percurso ser um tanto quanto abstrato em relação aos demais planetas, passamos bem próximo à Terra. Em Dezembro provavelmente chego por aí, pra festejar mais um título do Imortal. Até lá, que a medalhinha do cordão do Renato nos abençoe.
E da-lhe Grêmio!

Abraços calorosos, Gareth Aistorovic.

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: